O poder de cultivar bons hábitos

Ter bons hábitos é essencial para mantermos uma vida equilibrada, seja na saúde física ou mental; bem como na nossa carreira profissional.

Quais são os hábitos que você está cultivando?

E se eu falar que os hábitos que estão sendo cultivados na sua vida são determinantes para o seu sucesso ou fracasso, você saberia me dizer o que você está plantando?

Se a sua resposta foi não, está tudo bem, mas precisamos mudar isso - afinal, sem compreender as sementes, não há como obter os frutos desejados.

A maior parte dos nossos hábitos são inconscientes, como andar, por exemplo. Você dificilmente vai recordar como foi a experiência de dar os primeiros passos, mas deve saber que para andar a criança vai precisar de muito esforço e persistência, e com o passar do tempo isso se torna tão simples que nem parece ter exigido tanto sacrifício.

Esse exemplo é certeiro, porque ele traz características importantes sobre os hábitos. A primeira é  que para iniciar um hábito é preciso ter um investimento energético grande, mas com o passar do tempo torna-se menos necessário gastar tanta energia.

A segunda é que devido a baixa necessidade de energia, nosso cérebro ficará acostumado com essa atividade, sem a necessidade de focalizar nela.

Mas como essas características influenciam em sua vida, sendo responsáveis por bons ou maus resultados, e como você pode ter mais controle para cultivar bons hábitos que te ajudem a evoluir nos seus objetivos?

O que é um hábito?

Podemos definir hábitos como uma rotina de comportamentos que visa a repetição inconsciente de uma tarefa para obter uma recompensa. Como ele já foi realizado por um determinado período da nossa vida, nem precisamos focar para fazer de novo. É como andar de bicicleta ou de carro, para quem tem familiaridade; você não calcula todos os movimentos, apenas anda.

Nem todo hábito é uma ação - esse mecanismo também está na forma como lidamos com as nossas emoções, e até na maneira como falamos. Se alguém te dá uma notícia ruim e você chora, por exemplo, está seguindo um hábito.

Está vendo a importância de cultivar bons hábitos? E como eles são fatores que influenciam na vida sem percebermos?

Loop do hábito

Para entender um pouco mais sobre o poder de cultivar bons hábitos, vamos olhar com mais calma para sua estrutura - o loop do hábito.

Podemos dividi-lo em três partes:

  • A primeira é a deixa, ou simplesmente, o gatilho para o hábito. Ela pode ser um sentimento, um local ou uma pessoa, o importante é que aja como um gatilho, disparando o hábito.

  • A segunda parte é a rotina, ele sempre será realizada quando você deparar-se com a deixa, e corresponde à parte mais evidente do hábito, o que percebemos acontecer.

  • A última é a recompensa. Ela consiste em uma gratificação por ter realizado tal hábito, e quanto mais forte, mais motivados ficaremos para seguir novamente a rotina.

Um exemplo simples: Você vê que já são 10h (gatilho) e vai escovar os dentes (rotina) sentindo-se mais limpo e bem cuidado (recompensa).

Qual é a importância de ter bons hábitos?

Como já podemos observar, ter bons hábitos é essencial para mantermos uma vida equilibrada, seja na saúde física ou mental; bem como na nossa carreira profissional. O hábito é como uma ponte que facilita o caminho entre dois pontos, e o destino tanto pode ser negativo quanto positivo - a diferença é a nossa atenção na hora de construí-los.

Pense em alguém que desenvolveu o hábito de correr toda segunda-feira e de ter uma alimentação saudável, ou alguém que cultiva a gratidão como hábito. Como isso vai causar um impacto positivo na sua vida em curto e longo prazo?

Se pensamos o hábito com um pequeno bloco que sustenta um todo maior - o seu modo de vida - podemos observar a sua importância para mantermos uma vida feliz e realizada. Quanto mais blocos positivos usarmos, melhor será o resultado da construção.

Um conjunto de hábitos ruins podem nos levar à falência, ao fim de um relacionamento ou a problemas graves de saúde - pense num vício como beber ou fumar, por exemplo, ele é apenas um hábito negativo que fugiu totalmente do controle.

Como cultivar bons hábitos?

Vimos que para desenvolver um hábito é preciso esforço e investimento de energia, e isso também se aplica ao desfazer um hábito negativo. Sendo assim, além de cultivar bons hábitos é preciso entender e listar quais deles estão causando problemas em sua vida.

Feito isso, precisamos aplicar o loop do hábito na prática, mas antes é preciso entender como esse novo hábito vai nos ajudar a chegar nos objetivos que queremos. Lembre-se: hábitos são comportamentos automáticos, dessa forma, é preciso estar ciente da sua utilidade e função para o nosso bem-estar.

Cada hábito tem sua função, por isso você precisa entender quais deles serão úteis ao seu sucesso.

Se você deseja passar em um concurso, por exemplo, é necessário ter o hábito de estudar, enquanto ir à academia diariamente - ainda que possa ajudar nesse objetivo - não é tão essencial. Reconheça também quais hábitos estão afastando você desse resultado: assistir séries, jogar videogame ou dormir tarde, por exemplo.

A partir daí, foque em avaliar o loop do hábito para cada situação.

Quais gatilhos fazem você ter vontade de assistir séries, por exemplo? Pense tanto de forma externa (os elementos ao seu redor) quanto interna (seus pensamentos e emoções). Com isso em mente, busque maneiras de cortar esses gatilhos.

Por outro lado, quais gatilhos fazem você ter mais disposição para estudar? Talvez seja uma xícara de café, uma música animada ou um vídeo de alguém que te inspira. Dê mais espaço a esse(s) elemento(s) em sua vida, permitindo que eles conduzam a implementação do novo hábito.

Tenha em mente que os primeiros dias podem mesmo ser difíceis, pois mudar um hábito é como manobrar uma máquina enorme - será preciso fazer muita força. Quando essa máquina está apontada na direção correta, no entanto, ela se torna imparável, e vai levar você até os seus objetivos!

Quer dominar ainda mais esse assunto? Então confira o nosso artigo sobre Como construir bons hábitos: Os 5 passos da Neurociência!


Artigo publicado em:
01/03/2022
foto romanni

Romanni Souza

Criador da Hipnose Transformacional, graduado em psicologia pelo Unipam, e pós graduado em neurociências pela PUCRS. Fundador do Instituto Romanni, com mais de 20 mil pessoas transformadas.

Siga-nos nas redes sociais

instagram bar
icone atendente
Fale conosco
(34) 8416-2218
Siga o Instituto Romanni nas Redes Sociais
ASSINE AGORA +
Romanni SouzaTermos de UsoPolitica de Privacidade
© Copyright 2021. Todos os direitos reservados. | Instituto Romanni. CNPJ: 23.476.391/0001-10