linguagem corporal dos lideres

Linguagem corporal dos líderes: Como dominá-la e influenciar pessoas

Todos que buscam influenciar pessoas deve entender mais sobre a linguagem corporal dos líderes, a sua importância e como dominá-la para transmitir respeito, confiabilidade e firmeza!

Desde os primórdios, a linguagem é constituinte das relações humanas, é através dos processos comunicativos que criamos realidades e modos de ser. Além das palavras, nós dependemos muito do corpo para transmitir mensagens e emoções, utilizando a linguagem corporal.

Ela tem um grande impacto nas mais diversas situações, demonstrando confiança, medo, raiva, felicidade, e muitos outros estados a partir dos nossos gestos e posturas. É algo fundamental num contexto de liderança, pois pode fazer os outros te darem mais atenção, ou desconfiarem de você.

Nesse sentido, todo mundo que busca influenciar pessoas deve entender mais sobre a linguagem corporal dos líderes, a sua importância e como dominá-la para transmitir respeito, confiabilidade e firmeza!

O que é linguagem corporal?

A linguagem corporal consiste numa poderosa forma de comunicação não-verbal caracterizada por tudo que o corpo transmite durante uma relação com os outros.

Várias pesquisas da psicologia e da linguística demonstram o impacto que a linguagem corporal exerce em qualquer diálogo, pois os sinais transmitidos pelo corpo podem demonstrar até mesmo se você está mentindo sobre algo.

Ela passa aquela sensação de quem está falando uma coisa e demonstrando outra. Não à toa, a linguagem não-verbal é um dos elementos analisados pelas autoridades policiais para saber se um suspeito está mentindo ou não durante um depoimento.

A linguagem corporal inclui gestos, expressões, posturas, olhares, toques, movimentos do corpo, sorrisos e etc. Quando cruzamos a perna ou colocamos a mão no cabelo, por exemplo, isso diz muito sobre o que estamos sentido, para além do que as palavras transmitem.

Importância da linguagem corporal dos líderes

Se partimos da própria definição de um líder, cuja função consiste em guiar pessoas para alcançar determinados objetivos, é fácil perceber que todas as formas de relacionamento tem importância.

É normal ver alguém que parece dizer as palavras certas, mas não consegue gerar o impacto desejado ou fazer as pessoas se moverem, e isso provavelmente é causado por não conhecer ou não utilizar a linguagem corporal dos líderes.

Se um líder constantemente demonstra insegurança e incapacidade de liderar uma equipe, com suas palavras ou com seus gestos, ele vai impactar negativamente a sua equipe, afinal ninguém terá a confiança necessária para segui-lo.

Os líderes precisam se mostrar preparados, seguros e capacitados, não somente com uma boa oratória, como também um domínio sistemático da linguagem corporal.

Aqueles que dominam esse elemento trarão resultados positivos para todo tipo de organização, pois conseguirão motivar e impulsionar de forma empática a sua equipe. Outros impactos consistem em uma capacidade mais sustentada em negociar, administrar possíveis mudanças, ganhar a confiança, além de construir relações mais saudáveis e compreensíveis.

Além do mais, é muito interessante que os líderes repassem o conhecimento sobre a linguagem corporal para sua equipe, pois isso fortalecerá as relações internas e externas (com os clientes de uma empresa ou os membros de uma organização, por exemplo).

Como construir a linguagem corporal dos líderes

Esse domínio sobre a linguagem corporal dos líderes pode ser dividido em cinco tipos de comunicação - cada uma terá seu valor específico, e vai influenciar na visão geral que você transmite às outras pessoas:

Cinésica: Aqui estão os gestos, movimentos e expressões corporais. A maioria das pessoas acredita que a linguagem corporal termina aqui, e com isso deixa de explorar 80% do seu potencial.

Proxêmica: Relação com a área física de um espaço;

Tacêsica: Referente ao sentido “tato”, incluindo o toque;

Paralinguagem: Mudanças na voz, no jeito de verbalizar um assunto: velocidade, entonação, e afins;

Características Físicas: Formato do corpo e aparência. Também podemos pensar em roupas, acessórios, cortes de cabelo e outros elementos externos que carregamos no corpo e comunicam algo.

Para ter mais controle sobre as ideias e mensagens que você transmite em cada área, o autoconhecimento é um primeiro passo fundamental, pois essa análise de si mesmo contribui para uma observação do seu comportamento mediante as relações sociais.

A maioria das pessoas reconhece quando está passando por algum momento de desconforto, entretanto, é pouco provável que estas consigam perceber a linguagem corporal que emitem durante esses momentos, uma vez que tudo ocorre de modo inconsciente e não temos um espelho para avaliar cada gesto.

Conforme você observa as suas atitudes, perceberá que o processo de criar uma linguagem corporal é complexo, mas não impossível! Confira algumas dicas para demonstrar firmeza em seus posicionamentos e criar uma boa relação escuta e trocas com a sua equipe:

    • Tente ser mais lento em suas posições, não demonstrar agitação, pois quem escuta pode interpretar como nervosismo;

      • O autocontrole é uma ferramenta importante nesse processo, não atropele palavras, mesmo quando estiver com raiva ou muito empolgado;

        • Olhe nos olhos de quem escuta. Essa é uma maneira de impulsionar confiança no que está sendo dito, pois mostra que você não tem nada a esconder, deixando a outra pessoa mais aberta às suas ideias;

          • Analise suas posturas e as posturas ao seu redor, tentando ser o mais neutro possível. A postura diz muito sobre o nosso interesse em determinados assuntos, portanto, opte por não ficar relaxado demais ao sentar-se, nem demonstrar muita dureza com os braços cruzados;

            • É interessante deixar os braços soltos, mas não mexê-los com tanta agitação. Você pode repetir alguns gestos das pessoas que estão te escutando, acompanhando para depois conduzir;

              • Busque ser humano, compreensível, respeitoso e educado. A sua linguagem corporal deve conduzir as pessoas por meio da influência, e não de uma postura que soe ameaçadora ou constrangedora aos demais.

              Conclusão

              Adotar a linguagem corporal dos líderes será um grande diferencial para que você possa motivar pessoas e conquistar objetivos, alcançando todas aquelas realizações que precisam de uma ótima equipe para acontecer.

              Essa habilidade precisa ser exercitada como qualquer outra, e se hoje você está sentindo que não possui um bom domínio sobre a linguagem corporal dos líderes, basta praticar.

              Lembre-se que estamos em situações de liderança a todo momento - desde escolher uma pizza com os amigos até as relações de trabalho - então aproveite cada uma para fortalecer sua comunicação de formas não-verbais.

              Artigo publicado em:
              28/02/2022
              foto romanni

              Romanni Souza

              Criador da Hipnose Transformacional, graduado em psicologia pelo Unipam, e pós graduado em neurociências pela PUCRS. Fundador do Instituto Romanni, com mais de 20 mil pessoas transformadas.

              Siga-nos nas redes sociais

              instagram bar
              icone atendente
              Fale conosco
              (34) 8416-2218
              Siga o Instituto Romanni nas Redes Sociais
              ASSINE AGORA +
              Romanni SouzaTermos de UsoPolitica de Privacidade
              © Copyright 2021. Todos os direitos reservados. | Instituto Romanni. CNPJ: 23.476.391/0001-10