relacionamento transformacional

15 ideias para construir um Relacionamento Transformacional

Casais transformacionais amam-se com inteligência!

Naturalmente vivemos direcionados ao desejo de ser amados, respeitados e queridos. Embora não seja o anseio de todos, a maioria das pessoas em algum momento da vida adquire o interesse em construir uma família, e isso passa por formar um casal.

Entretanto, no tempo em que vivemos, de relações cada vez mais líquidas e uma dificuldade crescente para formar conexões profundas, construir um relacionamento que realmente transforme nossa vida parece uma missão mais e mais impossível.

Antes de tudo, precisamos entender que a dinâmica do namoro ou casamento é repleta de desafios e necessidades, exigindo constantemente a nossa maturidade e conscientização, uma vez que nossas atitudes impactam na construção desse relacionamento.

O namoro bem sucedido é o primeiro passo de um casamento de sucesso 

Quem não leva a sério seu momento de namoro, está fadado a um casamento de fracasso. Namoro é um tempo de conhecimento entre duas pessoas, com o objetivo de construir uma vida em comum. 

Atente-se ao amor à primeira vista. Casais transformacionais amam-se com inteligência e não apenas com a emoção. Lembre-se, a paixão à primeira vista é carregada de muita emoção, mas um sentimento como este não pode sustentar um relacionamento para toda uma vida. 

Imagine que você esteja passando por uma loja e um calçado na vitrine chama muito sua atenção, você rapidamente entra e o experimenta, aparentemente lhe serviu bem, e movida pelo sentimento de adquirir aquele lindo item, você o compra sem pensar duas vezes.

Animado com sua nova compra, você decide usá-lo em uma ocasião especial, mas após poucos passos você percebe que aquele calçado é muito desconfortável. Ao chegar em casa imediatamente você percebe diversos calos e se dá conta que não conseguiu nem chegar ao seu destino com ele nos pés.

Pois bem, essa é uma ótima analogia aos namoros superficiais, são como um calçado bonito mas desconfortável, que incomoda e não te leva muito longe.

15 ideias para construir um Relacionamento Transformacional 

1. Conheça a ti mesmo: O primeiro passo para se viver com outra pessoa é saber quem você é. Nós sempre batemos na mesma tecla do autoconhecimento, pois ele é uma chave que abre muitas portas ao decorrer da vida.

Uma pessoa que não sabe seus sonhos, desejos e anseios, ao mergulhar em um relacionamento está destinada a viver a vida da maneira que o outro estabelecer. 

2. Conheça o outro: A harmonia do relacionamento está na capacidade de conhecer o outro. Gostos, preferências, valores, sonhos, desejos e temores. Quando um casal se conhece, mais raros são os conflitos e, consequentemente, o namoro é mais saudável.

3. Admire e respeite:  Um relacionamento se constrói pelo amor, e pelo respeito se mantém. Todos nós em algum momento da vida já ouvimos alguém dizer “depois que acaba o respeito não existe mais nada”” De fato, não há como manter-se em uma relação sem respeito; pois somente quem ama, consegue admirar alguém e somente quem admira consegue respeitar e compreender o que não admira.

4. Veja o outro: Não é ego querer que quem amamos nos elogie e demonstre que está ali por nós. O afeto dentro do relacionamento deve ser uma ação diária de ambas as partes, por isso tire um tempo do seu dia para demonstrar esse sentimento, lembrando sempre como gestos falam mais do que palavras.

5. Resolva conflitos: Pequeno ou grande, um conflito deve ser logo resolvido, afinal a soma de pequenas confusões pode gerar um atrito maior.

Muitos casais deixam pequenos conflitos passarem despercebidos, mas é importante pensar em nosso relacionamento como um recipiente - no início ele encontra-se vazio, e a cada conflito não resolvido acumulamos uma gota. De gota em gota, uma hora esse líquido transborda, e é nesse momento que o relacionamento chega ao fim.

Fica sempre aquela surpresa, meu relacionamento acabou por um motivo tão pequeno, mas essa foi só a última gota, e aconteceu porque temos o hábito de esquecer os pequenos conflitos que somaram juntos naquela decisão.

6. Compartilhe seus sonhos: Relacionar-se a dois é dividir a vida, sonhos, desejos, costumes. Um relacionamento saudável é baseado no compartilhamento. A pessoa com quem você se relaciona deve respeitar seus sonhos e na mesma medida apoiá-los; afinal não faz sentido viver ao lado de uma pessoa que não te apoia.

Se você tem medo de compartilhar os sonhos com essa pessoa, por qualquer razão, é um sinal de que o relacionamento não está com muita saúde!

7. Busque o diálogo: Sabe as pequenas brigas citadas anteriormente? Pois bem, elas possuem bastante relação com a falta de diálogo. É quase um clichê brigas de casais por coisas simples como uma toalha na cama ou uma roupa fora do cesto.

Acontece que brigas assim, se mantidas constantemente, desgastam o relacionamento; portanto preze sempre pelo diálogo, exponha sua opinião sobre aquilo que te incomoda, questione o outro do  porque existe uma dificuldade em fazer da forma que lhe agrada  e o escute sem interrompê-lo

Ainda mais importante: Nunca comece um diálogo com raiva, pois as chances dessa simples conversa se tornar uma briga são grandes.

8. Saiba ser companheiro: Ser companheiro não significa apenas viver na mesma casa e dividir as contas. Casais companheiros dividem a vida, sabem valorizar pequenas coisas e possuem a capacidade de se divertir juntos, e essa é a importância da afinidade entre si, pois um caro jantar romântico possui o mesmo efeito de um cinema em casa - afinal, é sobre ser companhia, independentemente do lugar.

9. Evite competições e comparações: Comparação pode ser uma ferramenta destrutiva em um relacionamento; afinal, qual o sentido em estar com uma pessoa se a todo momento você tenta se mostrar melhor do que ela? Em um relacionamento saudável cada um reconhece seus deveres, valores e respeita o outro.

10. Saiba perdoar: Pessoas não são perfeitas, todos nós erramos ou fazemos algo que não agrada. É natural do ser humano, por isso esteja sempre pronto para perdoar as falhas do outro; mas lembre-se, tudo possui um limite, e saber perdoar não significa perdoar os mesmo erros sempre.

Se você está há algum tempo reclamando sobre as mesmas questões, e elas não mudam, pode ser a hora de uma medida mais séria.

11. Respeite o espaço do outro: Viver uma vida a dois não anula sua existência. A presença constante do outro na sua vida pode ser sufocante, por isso permita-se fazer programações sozinho ou com amigos. 

Lembre-se, por mais que seja importante criar memórias de momentos a dois, criar memórias de bons momentos em outros ciclos e contextos também é importante, tanto para você quanto para a relação.

12. Elogie em público, critique em casa: Criticar é um ação muito invasiva, por isso deve ser feito com cautela e em particular.

Quando amamos uma pessoa verdadeiramente não temos a intenção de envergonhá-la diante de outras; por isso, se há pontos a serem melhorados no seu parceiro, chame-o em particular e tente chegar ao consenso.

13. Compartilhe valores pessoais: Não se misture com quem você não seria. É muito difícil entrar em um consenso com uma pessoa que não tem os mesmos princípios que o seu.

Imagine um casal onde uma pessoa gosta de festas, bebidas e pouco se importa com estabilidade financeira, sua filosofia é viver o momento, enquanto a outra deseja construir bens materiais a fim de gerar conforto e ter uma vida financeira estável.

Qual a possibilidade de ambos os desejos serem atendidos nessa relação?

14. Não jogue sujo em brigas: Brigas longas e baseadas em xingamentos são a maneira mais fácil de terminar um relacionamento. Evite brigar, mas se perceber que já se envolveu em uma, busque manter seus princípios e não ferir seu parceiro emocionalmente ou fisicamente. Trata-se de uma pessoa que conhecemos profundamente, então podemos com facilidade saber um defeito que vá magoá-la na tentativa de “vencer” a briga, mas isso nunca deve ser usado.

15. Tenham suas finanças organizadas: Casais que não possuem uma estabilidade financeira estão propensos a muitos conflitos. Por mais que o dinheiro seja um tabu, falar sobre ele dentro do relacionamento deve ser um hábito.

É de extrema importância o casal definir regras e condições e segui-las corretamente a fim de que cada um consiga ter conforto e uma quantia extra para investir em seus sonhos pessoais. É interessante manter três contas, uma para cada um e outra para o casal, assim fica mais fácil cada um destinar um dinheiro para metas que possuem juntos - viagens, bem materiais ou um fundo reserva - e manter um valor para seus próprios interesses.

Artigo publicado em:
19/04/2022
foto romanni

Romanni Souza

Criador da Hipnose Transformacional, graduado em psicologia pelo Unipam, e pós graduado em neurociências pela PUCRS. Fundador do Instituto Romanni, com mais de 20 mil pessoas transformadas.

Siga-nos nas redes sociais

instagram bar
icone atendente
Fale conosco
(34) 8416-2218
Siga o Instituto Romanni nas Redes Sociais
ASSINE AGORA +
Romanni SouzaTermos de UsoPolitica de Privacidade
© Copyright 2021. Todos os direitos reservados. | Instituto Romanni. CNPJ: 23.476.391/0001-10