9 princípios para organizar a vida financeira

Organizar a vida financeira é um dos sonhos mais comuns. O maior erro de quem busca essa transformação costuma ser a crença de que tudo seria melhor se apenas ganhasse um aumento, ou pudesse cortar gastos desnecessários.

Embora as atitudes pontuais sejam fundamentais, essa questão requer mudanças profundas. Aqui vão 9 princípios para te ajudar nessa direção, construindo os alicerces para uma vida financeira marcada pela prosperidade!

1. Dinheiro traz liberdade.

Esse é o pilar central para organizar a vida financeira de qualquer pessoa: saber que o dinheiro é uma forma de conquistar a sua liberdade. Com ele será absurdamente mais fácil para que você e outras pessoas possam visitar belos lugares, estudar em busca dos seus sonhos ou ter um jantar diferenciado no meio da semana.

Toda vez que você deseja ter ou fazer algo, mas não pode por falta de dinheiro, a sua liberdade para viver conforme seus próprios planos está sendo obstruída. Organizar a vida financeira é o único modo de conquistar essa autonomia.

2. Dinheiro é uma ferramenta que pode ser usada de forma positiva.

A causa de todos os males não é o dinheiro, mas a ganância. Você pode organizar a vida financeira e trabalhar a serviço de outras pessoas ou causas relevantes, as duas coisas não precisam se opor.

Se você deseja fazer algo de positivo pelo mundo, aqui vai um alerta: o dinheiro que você não deseja ter vai acabar nas mãos de alguém, que poderá usá-lo para o bem ou para o mal. Ganhar mais, portanto, é uma responsabilidade que você deve assumir com os seus objetivos, para causar a transformação desejada.

3. Ganhar pouco não é bonito e ganhar muito não é feio.

Existe uma crença de que uma boa pessoa é aquela que batalhou por uma casa, um carro e uma mesa posta para seus filhos. Ninguém pode discutir o quanto isso é importante, mas querer algo a mais não é motivo de vergonha.

Você pode construir um negócio de sucesso para ter mais tempo livre, dobrar a sua renda para comprar uma casa melhor, ou até conseguir um bônus no fim do ano para ter as férias dos sonhos com a família - nenhuma dessas conquistas representa algo feio, então por que ganhar muito para alcançá-las seria?

4. Dinheiro é como o oxigênio: você não percebe a importância até sentir falta.

Você pode achar que está tudo bem viver de boleto em boleto, mas algum dia vai estar à frente de uma situação onde uma despesa extra será questão de sobrevivência. Eu não estou falando isso para assustar, mas para compartilhar a realidade, afinal todo mundo enfrentará adversidades, e estar preparado é a melhor forma de superá-las.

Não espere tudo ir por água abaixo antes de organizar a vida financeira. Comece o quanto antes; estude e faça seus planos, defina limites e busque alternativas para ganhar mais. É uma preocupação que pode parecer desnecessária, hoje, mas trará uma segurança inestimável quando você realmente precisar de dinheiro.

5. Todo mundo tem que vender algo.

O número de pessoas que possuem algum talento e não querem vendê-lo para o mundo é assustador. Dia após dia eu escuto a mesma história: eu até sei que sou bom em (x), mas eu não gosto de vender, sabe?

Bom, se você tem um emprego, está vendendo as horas que passa no trabalho. Ao invés de vender esse tempo, ou melhor, ao invés de vender a sua vida para uma atividade que não traz o retorno desejado, você pode vender um produto ou talento capaz de contribuir para seu sucesso e beneficiar quem está disposto a pagar o quanto ele vale.

6. Você pode ser feliz gastando ou recebendo.

Todo mundo tem algumas paixões com as quais não se importa em gastar. Pode ser uma banda ou autor favorito, uma marca de roupas, jogos, cursos, comidas e assim por diante. Você entrega seu dinheiro e não acha que há um gênio maligno do outro lado, certo?

Para organizar a vida financeira, uma das melhores ideias é inverter essa equação, e se colocar do lado que está recebendo. Pense no que você poderia vender, e como poderia transformar isso em algo que deixaria as pessoas felizes por ter em mãos.

Essa dica pode ser combinada com a anterior para ajudar a quebrar o mito de que vendedores são chatos ou exploradores: você pode receber dinheiro e agradar as pessoas ao mesmo tempo, criando uma troca na qual os dois lados acabam mais felizes.

7. Assumir o problema é a única forma de superá-lo.

Quantas e quantas vezes você já escutou, ou até mesmo disse algo como:

  • Eu tenho algumas dívidas, mas tudo bem…
  • Eu não tenho dinheiro, mas tudo bem…
  • Meu salário é horrível, mas tudo bem…

Bom, se você está aqui, buscando informações para organizar a vida financeira, é provável que não esteja tudo bem, e analisar corretamente essa situação é o primeiro passo para sair dela.

Assuma, de uma vez por todas, que você não está satisfeito com a sua conta bancária. Organizar a vida financeira exige comprometimento, e meias certezas nunca vão te levar a uma satisfação completa. Aproveite a energia que você gasta para se convencer de que está tudo bem, e use ela para fazer com que tudo fique bem, de verdade.

8. Ambição é o desejo de ser melhor.

Se você está buscando ganhar mais dinheiro e organizar a vida financeira, ser chamado de ambicioso deve ser considerado um elogio. Você pode estar ambicionando uma vida melhor para si, sua família, e até mesmo para ajudar pessoas que nem conhece. O que há de errado nisso?

Nós começamos esse artigo falando sobre ganância, e é fundamental diferenciar as duas coisas. Ganância é o desejo de ter mais que os outros, Ambição é o desejo de ser melhor. Seja ambicioso!

9. O que não está crescendo está se destruindo.

Organizar a vida financeira não é algo que você faz em um momento, é um estado de evolução permanente, que nunca deve ser abandonado - ou os resultados conquistados podem acabar sumindo.

Pense, por exemplo, nas histórias de quem ganhou na loteria e perdeu tudo em meses.

A sua vida financeira precisa de cuidados constantes. Você está dando o primeiro passo ao decidir organizá-la, mas isso não será feito apenas com uma boa planilha ou um aumento de salário, e sim com novas mentalidades, como as discutidas aqui. Estes princípios para organizar a vida financeira poderão sustentar mudanças contínuas, na direção de resultados cada vez melhores!


O Movimento Transformacional, oferece a você diversos conteúdos e técnicas para te ajudar a organizar sua vida financeira, vale a pena conferir!!

Artigo publicado em:
10-11-2021
foto romanni

Romanni Souza

Criador da Hipnose Transformacional, graduado em psicologia pelo Unipam, e pós graduado em neurociências pela PUCRS. Fundador do Instituto Romanni, com mais de 20 mil pessoas transformadas.

Siga-nos nas redes sociais

instagram bar
logo instituto romanni hipnose
icone atendente
Fale conosco
(34) 9 8408-2180
Siga o Instituto Romanni nas Redes Sociais
romanni cursos