como alcançar metas

Tire do papel: Como alcançar metas e ter um ano transformacional

Um pedaço do ano já se foi, e você ainda não está cumprindo as suas metas? Calma que dá tempo de resolver!

Muitas são as expectativas para a chegada de um novo ano, escrevemos várias metas, prometemos diversas mudanças e quando menos esperamos o ano passa, nos deixando em um ciclo sem fim de metas e mais metas que nunca saem do papel.

A verdade é que nenhum ano tem em si o poder de ser próspero ou desafiador, essas condições partem exclusivamente de nós. Em 2022 não poderia ser diferente - entramos no segundo mês do ano e alcançar metas ainda não se trata de uma prioridade para muitos.

​Precisamos assumir responsabilidade sobre nossas ações. Quem não possui maturidade para olhar para si e enxergar seu próprio fracasso, continua negando e arrumando um culpado, seja uma pessoa, uma situação, ou até mesmo um ano inteiro. 

Para construirmos um ano transformacional, precisamos parar de esperar algo do ano e começar a esperar mais de nós mesmos. E como alcançar isso? Através de mudanças!

Mudanças nos tiram da zona de conforto, e você jamais irá conhecer uma pessoa que assumiu o controle da própria vida sem passar por desafios.

Muitos desejam o sucesso de um ano melhor, mas poucos fazem o que realmente é preciso. É como se as pessoas estivessem operando em níveis diferentes - as que gostariam e as que agem para ter.

O primeiro grupo é como o figurante de uma história. Ele está lá, vendo as coisas acontecerem e reagindo aos eventos, mas não assume o controle de nada. Na vida real, o figurante espera que o ano traga mudanças por si só. Ele acredita em sorte e que se pedir, o universo de alguma forma trará,  mesmo sem agir para isso.

Já o  segundo grupo é como o protagonista. Ele faz as coisas acontecerem, e a história anda por causa das suas ações. Ele sabe que o ano só será diferente se suas atitudes forem diferentes, e busca viver isso a cada dia, criando a própria mudança.

3 erros que te impedem de alcançar metas

Se você cometeu um desses erros na hora de traçar as suas metas, será muito mais difícil alcançá-las. Use essas informações para revisar os objetivos do ano, fazendo ajustes onde perceber que vinha errando!

Falta de autoconhecimento e de planejamento

O primeiro erro das promessas de ano novo é que elas são traçadas no calor do momento. Não há autoconhecimento e planejamento nas metas, e nós seguimos o que vimos no Instagram ou nas conversas de amigos - perder tantos quilos, ler tantas páginas, conseguir tantos reais.

Como não foi algo do seu próprio desejo, você dará pouca importância em realizá-las, e em poucos meses elas já estarão esquecidas.

Para evitar isso, busque entender primeiramente os motivos pelos quais você deseja que algo se realize. Uma meta muito clichê na virada de ano é emagrecer, e muitas pessoas que não conseguem nem tem clareza sobre porque desejam se livrar do peso extra - é só uma repetição do que todo mundo está fazendo.

Por isso é importante ter autoconhecimento e entender a sua relação com seu corpo, com a comida, com a pressão estética ao seu redor, com a sua saúde física e mental. Ter todas essas respostas te ajudará a descobrir se você quer mesmo emagrecer, porque quer isso (se for o caso) e qual a melhor forma de agir.

Metas irreais 

Outro erro muito comum é traçar metas irreais. Objetivos distantes da nossa realidade nos colocam em uma posição muito perigosa por trazer rapidamente a sensação de fracasso. Pense bem, se eu faço uma lista com cinco super metas que estão bem distantes da minha realidade, quando eu for tentar realizá-las já estarei desmotivado.

Pense bem nos seus objetivos: todos possuem o direito de sonhar grande, mas para alcançar metas é preciso ser racional e dar um passo de cada vez.

Você pode lidar com metas grandes da seguinte forma:

Separe o ano em 4 blocos de 3 meses, e em cada um deles se dedique a aprender uma habilidade para se aproximar de um grande objetivo. No final do ano, você terá quatro novas habilidades que te aproximam de alcançar metas pelo resto da vida. 

Se deseja abrir o negócio próprio, por exemplo, você pode usar o primeiro bloco para estudar sobre como abrir uma empresa, o segundo bloco para organização financeira, o terceiro para marketing digital, comunicação ou liderança; e assim por diante.

Lembre-se sempre que um pequeno passo dado com consistência é mais vantajoso do que um grande passo seguido de uma estagnação.

Metas sem clareza

O último erro é criar metas que você não pode medir.

Muitas pessoas cometem o erro de não ter metas claras, como dizer que em 2022 eu quero ser feliz. Todos queremos, mas no fim das contas, o que é felicidade? É possível ser feliz em todos os aspectos da vida? O que traz felicidade?

Felicidade é relativa, assim como várias outras resoluções de ano novo. Ganhar dinheiro, perder peso, estudar mais, ter coragem, tudo isso é abstrato e não há como alcançar metas sem uma visão concreta sobre elas.

Ganhar mais dinheiro, por exemplo, pode significar R$ 10 ou R$ 1 milhão.

Experimente substituir metas amplas demais por direções mais específicas, assim, fica mais fácil ter clareza sobre o que você está buscando e qual o plano para chegar lá. Em 2022 eu quero ser um pai mais presente, porque isso me deixa feliz, e vou levar meu filho para um passeio toda semana, por exemplo.

3 ideias para alcançar metas com mais facilidade

Nós já vimos alguns erros que nos impedem de alcançar metas, e agora vamos conferir três formas de chegar até elas mais facilmente!

Nem todo dia é igual

As pessoas tem ciclos de energia, sejam eles diários (há quem prefira os primeiros raios de Sol e quem goste de trabalhar no silêncio da madrugada), semanais, mensais e até mesmo anuais. Entender essa mecânica e planejar-se de acordo com elas é uma maneira simples de alcançar metas com mais consistência.

Uma dica é ter dois planejamentos diários - um ideal, com todas as tarefas que você poderia encaixar no seu dia perfeito, e outro ocupando apenas 50 ou 60% do seu tempo.

A meta de cada dia é cumprir tudo que está no planejamento ideal, mas se você tiver dias com surpresas (um compromisso médico, uma noite mal dormida, uma visita inesperada…) pode usar o modelo secundário sem culpa.

Não tenha medo de fazer ajustes

Se a meta do ano é ganhar R$ 25 mil com o seu novo negócio, por exemplo, isso significa obter R$ 2.083 a cada mês. Quando alguém traça um objetivo como esse e não ganha nada em janeiro, pode acabar desistindo de tudo, mas ainda será possível conquistar o valor ajustando o ganho mensal para R$ 2.273 - pouco a mais do que no plano inicial!

Vamos pensar em emagrecer 10 quilos como exemplo. De janeiro a dezembro, isso daria 830 gramas por mês - de fevereiro em diante, 910 gramas, o que não é quase nada.

Pensando nisso, não tenha medo de fazer ajustes nas suas metas considerando a parte do ano que ainda está pela frente (quase 90% dele) e não deixe que a lentidão das primeiras semanas roube as suas chances de vencer no final!

Construa processos para as suas metas

A terceira dica é ter foco em processos que levem aos seus resultados. Se você quer atrair 50 novos clientes ao longo do ano, por que não usar as próximas semanas para construir um funil de vendas que permita conquistar esse objetivo?

Para alcançar metas importantes, um bom processo é sempre a melhor opção. Ao invés de contar com a sorte, você ganha o controle sobre os seus resultados. Isso vale para tudo: conquistar clientes, manter um hábito saudável, ler mais, passar numa prova difícil, e assim por diante.

Os processos também trazem uma sensação de vitórias cotidianas - você estará constantemente trabalhando para alcançar metas, e mesmo quando os números não mudarem, será possível terminar o dia com a cabeça tranquila por ter dado mais um passo!

Você está vivendo ou sobrevivendo?

Essa pode parecer uma pergunta simples, mas é difícil de responder, tanto que algumas vezes misturamos os termos. Vamos apontar “viver “como aproveitar a vida, a família, os prazeres da vida, sejam eles grandes ou pequenos, e tendo relação com bens materiais ou não.

Já “sobreviver” é manter o corpo ativo por mais um dia e fazer o básico para não perder a sua segurança, ou seja, alimentar-se, dormir, trabalhar para ter abrigo e comida. Sobreviver gira em torno de manter-se biologicamente vivo.

A modernidade nos coloca facilmente na posição de sobrevivência  - muitos estão presos numa vida onde trabalham e pagam contas, estagnados sem nem mesmo ter metas para alcançar. Existe um desejo de sair dali, mas nenhuma ideia de para onde ir em seguida.

O primeiro passo é decidir

Decisão é o primeiro passo de qualquer mudança, desde que você saiba exatamente o que está decidindo a cada momento.

A maioria das pessoas quer resultados diferentes, mas não decide seguir os passos necessários para conquistá-los, e fica na insatisfação por não conseguir.

Comece decidindo tudo que você não aceita mais na sua vida. Pense nos resultados dos quais vai se livrar, e não seja genérico, afirmando somente que não aceita “a procrastinação” ou “o peso extra”. Entre em detalhes sobre quais comportamentos e resultados específicos você decidiu evitar, e como eles te prejudicam.

No Movimento Transformacional nós chamamos essa decisão de Inconformidade.

Pense em quantas vezes você olha para um problema e diz “depois eu resolvo” ou “seria bom que as coisas mudassem”. Essa é uma postura conformada, de quem aceita o problema como parte da sua vida - seria bom se livrar dele, mas se ele continua aí, fazer o que?

Quando estamos Inconformados nós vamos além e fazemos de tudo para mudar a situação. É daí que vem a consistência e a disciplina para acordar dia após dia e fazer o que é preciso para alcançar metas e mudar sua vida.

Uma técnica para aumentar a Inconformidade é olhar para o futuro que você terá se continuar agindo da mesma forma, e comparar ao futuro que pode ter se transformar a sua vida a partir de agora. Saber que um será “ruim” e o outro “bom” não é o bastante - você deve mergulhar nas consequências de cada cenário.

Experimente fechar os olhos, respirar fundo e imaginar a sua vida dentro de 5 anos, se você não mudar nada. Pense em como estarão as pessoas ao seu redor, como estará a sua saúde e a sua carreira, a sua casa e a sua lista de desejos. Vá para 10 anos, e imagine tudo estagnado, você com 10 anos a menos para viver, e ainda sonhando com as mesmas metas de hoje. Assustador, não é?

Agora visualize o cenário oposto. Você no próximo ano, após realizar a maioria dos seus desejos atuais, e traçando novos objetivos, ainda mais altos. Avance mais 5 anos e perceba o efeito de alcançar metas em cada um; pense no efeito que isso terá sobre as pessoas que te amam, a sua saúde, o seu impacto no mundo.

Qual destes cenários você deseja construir?

As ferramentas estão à disposição para tirar sua vida perfeita do papel e colocá-la ao seu redor, agora é o seu momento de agir, pois no fim das contas é só através da ação que podemos transformar algo no mundo!

Artigo publicado em:
22/02/2022
foto romanni

Romanni Souza

Criador da Hipnose Transformacional, graduado em psicologia pelo Unipam, e pós graduado em neurociências pela PUCRS. Fundador do Instituto Romanni, com mais de 20 mil pessoas transformadas.

Siga-nos nas redes sociais

instagram bar
icone atendente
Fale conosco
(34) 8416-2218
Siga o Instituto Romanni nas Redes Sociais
ASSINE AGORA +
Romanni SouzaTermos de UsoPolitica de Privacidade
© Copyright 2021. Todos os direitos reservados. | Instituto Romanni. CNPJ: 23.476.391/0001-10